20 maio, 2020

Valéria: uma série sobre problemas reais para jovens adultos

Quando se está cada vez mais perto da casa dos trinta, a sociedade nos cobra uma postura cada vez mais adulta. Nesta idade, em que se faz necessário um amadurecimento considerável, a arte é uma importante aliada pois nos induz a análises intensas. E nada melhor que um enredo que fuja do clichê adolescente e retrate alguns dos inúmeros dilemas e possíveis questionamentos comuns da fase dos vinte e poucos quase trinta. Se você se identifica com essa faixa etária, essa série é pra você.

imagem: reprodução | netflix
Valéria (Diana Gómez) é uma escritora em crise. Seu casamento não está indo nada bem e seu sonho de publicar um livro parece estar cada vez mais distante. Além disso, suas três amigas também enfrentam algumas questões: Carmen (Paula Malia) tenta entender mais sobre relacionamentos enquanto busca um apartamento, Lola (Silma López) usa o sexo para fugir de seus traumas e sentimentos e Nerea (Teresa Riott) esconde sua orientação sexual dos pais por medo da rejeição e vive uma vida infeliz.

A nova produção da Netflix é ambientada em Madrid, o que já é um baita convite para assisti-la, já que a capital da Espanha é uma das cidades mais bonitas da Europa. De forma descontraída e leve, Valéria nos faz refletir sobre muitos assuntos comuns aos jovens adultos, também conhecidos como millennials. Ousaria dizer, inclusive, que essa seria uma versão de “Sex and The City”, só que mais moderna, mais animada, mais madura com um toque especial de novela espanhola.

Assim como na produção americana, o sexo é um dos assuntos principais, porém, Valéria vai além quando põe em perspectiva alguns dos tipos de relacionamento que vivemos: profissional, romântico, familiar e de amizade. E não para por aí! A fantasia do emprego perfeito, a busca pelo apartamento que caiba no orçamento, os traumas que carregamos conosco e a insegurança de ser quem você é verdadeiramente também fazem parte do quebra-cabeças.


Por fugir do público teen, Valéria acerta em trazer a tona reflexões sutis sobre a vida da galera que está quase trintando. Pretende-se que nessa idade já tenhamos um conhecimento maior sobre nós mesmos, nossas ambições, uma certeza sobre relacionamentos e um plano “B” caso algo dê errado. Mas, ó, tudo não passa de uma grande idealização frustrante criada pela sociedade mágica de nowhere.

A inserção de recursos do mundo digital na telinha, como as conversas, áudios e fotos, torna a história mais atraente e divertida. E é bonito ver o quanto a tecnologia aproxima as quatro mulheres e fortalece a amizade, possibilitando uma maior interação entre elas durante o dia – mesmo que seja para receber um áudio de quinze minutos.

Cada episódio tem uma abertura diferente que particularmente adorei. Outros pontos a serem apreciados são: a fotografia, que é belíssima cheia de cores vibrantes; O idioma espanhol, carregado de sensualidade;  E o figurino, que reflete a moda com pegada vintage, meio 1990, como temos hoje e  que conversa muitíssimo bem com as diferentes personalidades das personagens.

imagem: reprodução | netflix
São oito capítulos bem divertidos e com tramas de fácil identificação. Porém, preciso dizer que embora tenha gostado bastante da série ela tem alguns problemas: há alguns erros de continuidade, as personagens não tem um desenvolvimento muito bom e alguns assuntos são deixados de lado sem respostas. Mas talvez a proposta da produção seja essa mesma, mostrar que na vida real não as coisas não se resolvem tão bem e rapidamente como em um roteiro pré-definido.

O seriado é uma adaptação da saga homônima de Elísabet Benavent. Ao todo, a autora escreveu cinco livros. A dona Netflix ainda não informou sobre uma segunda temporada, embora tenha vários ganchos abertos para isso e história nos livros. A gente torce para que seja renovada, pois ela é bem gostosinha de assistir. ♥

4 comentários:

  1. Aaah, adorei o post!

    Tô doida atrás de séries novas, já tinha visto a capa dessa na Netflix e não tinha pensado em assistir ainda, mas agora fiquei super curiosa pra ver!

    Abraços,
    Laura Nolasco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laura!
      Ah, fico feliz em ter ajudado a sugerir uma série, hehe.
      Beijos ♥

      Excluir
  2. Eu amo essa série...vai estar no meu assistidos do mês (post que saiu hoje ainda) ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olás!
      Ai que legal! Valéria me ensinou muito. E se passa em Madrid, né? Perfeita, simplesmente.
      Obrigada pelo comentário ♥

      Excluir

Vestidinho Jeans © , todos os direitos reservados. Design adaptado de Sadaf F K.